Expressamente proibida a reprodução, edição, transformação parcial ou integral das imagens ou textos aqui expostos. (Lei9610/98,art.5º,inc.Vlll) Copyright 2010©.Todos os Direitos Reservados.

sábado, 24 de maio de 2014

Tentando ser corajosa

Recebi de uma amiga o seguinte texto:
Eu estava lendo: 30 coisas que você deve fazer a si mesmo, então uma delas:

Comece a dizer mais como você se sente
Se você está sofrendo, dê a você mesmo o espaço e o tempo necessário para se sentir a dor, mas esteja aberto sobre isso. Converse com as pessoas mais próximas a você. Diga-lhes a verdade sobre como se sente. Deixe-os ouvir. O simples ato de desabafar é o seu primeiro passo para se sentir bem novamente.
 
Estou precisando fazer isso urgente, depois da morte de meu marido meu coração fechou a ser espontânea, falar de mim, chorar por mim, e o pior disto tudo me deixou com medo de viver, pensamentos ruins.
Sempre fui corajosa, uma mulher forte que corre atrás daquilo que quer, resolvendo e ajudando todos a sua volta.
Quando me vi só, percebi que um lado meu, que me apoiava, me escutava não estava mais, aí me senti vulnerável e sozinha, mesmo tendo meus filhos do meu lado.
Sabe aquela troca que a gente tem com o companheiro de todos os momentos? Vi-me sem ter com quem compartilhar.
E o medo? Fiquei medrosa em relação a tudo a minha volta, sem vontade de sair, sem vontade de me divertir. Eu preciso voltar a viver, eu preciso voltar a ser corajosa, valente e a sorrir pra valer.

  

Um comentário:

VITORNANI disse...

Sim você precisa voltar a viver, Jô!
A vida continua! Seu blog pode te dar muita força...Arte de Viver...viver...e viver cada dia melhor! Força, garota! Abraços! Conte comigo!